Notícias

Sexta vitória de Mortara em Macau

A Taça GT Macau - SJM - Taça do Mundo de GT da FIA assegura mais uma vez a Edoardo Mortara  uma vitória, no seu Mercedes-AMG Team Driver Academy, depois de uma prova cheia de incidentes, e uma pressão do piloto da Audi Sport Team WRT’s Robin Frijns. A vitória na 10ª corrida do Taça GT em Macau trouxe a Mortara um total de seis vitórias no circuito da Guia, duas em fórmula 3 e agora quatro em GT.

 

Com uma corrida a começar com o carro de segurança para permitir aos pilotos familiarizarem-se com as condições da pista, Mortara teve uma saída tranquila onde se distancia logo à terceira volta com um ligeiro atraso na 1ª Curva onde toca na parede do lado exterior.

 

Augusto Farfus com a BMW Team Schnitzer posiciona-se logo atrás mas não o suficientemente para beneficiar do deslize, no entanto, o brasileiro fica com dificuldades depois do carro de Raffaele Marciello da Mercedes-AMG Team GruppeM Racing lhe ter batido na traseira na zona do Lisboa.

 

Marciello danifica o radiador no incidente e regressa à pitlane ao inicio da quarta volta o que deixa Farfus seis segundos atrás de Mortara e debaixo da pressão de Frijins.

 

Quando o carro de segurança entra na sexta volta para retirar o Audi de Lucas di Grassi, Farfus é obrigado a entrar no pit para retirar a parte danificada no incidente da primeira volta. Eventualmente acabaria por recuperar e termina em quarto lugar.

 

A paragem de Farfus aproxima Frijns de Mortara e o piloto Maro Engel da Mercedes-AMG Team GruppeM Racing ficaem terceiro ao se aproveitar do cone de aspiração do Audi.

 

Depois do terceiro carro de segurança entrar com Darryl O’Young a bater na subida de S. Francisco, os três carros da frente juntam-se num final emocionante cheio de pressão pelo suspense de erros serem cometidos.

 

Na última volta, Frijns liberto de Engel fica mais próximo de Mortara, mas o Mercedes da frente como controlo da situação acaba por vencer a 0.618 segundos de diferença.

 

Ao falar da sua vitória, Mortara disse: “Era fácil comer erros, mas no fim correu tudo bem. Todas as minhas vitórias em Macau foram sempre especiais e depois de um ano difícil era importante ganhar esta corrida pela Mercedes.”

2017-11-19